1º Congresso Nacional da Juventude do PSC reúne líderes de 24 estados em Brasília

Evento discutiu formação de novas lideranças e políticas públicas para a juventude, com a presença do presidente em exercício do partido, Marcondes Gadelha

Construindo uma juventude para um novo tempo. Esse foi o tema do 1° Congresso Nacional da Juventude do Partido Social Cristão, realizado nesta quinta-feira (19), em Brasília, com a presença de líderes do PSC Jovem em 24 estados e de representantes da Comissão Executiva Nacional da legenda.

Uma tarde de aprendizado e troca de experiências, com palestrantes que falaram sobre o desafio de formar novas lideranças e ampliar a participação dos jovens na política, além de temas como tecnologia, empreendedorismo e inovação, trabalho e renda, gestão, meio ambiente e desafios do Brasil no pós-pandemia, entre outros.

Abrindo o Congresso, o presidente em exercício do PSC Nacional, Marcondes Gadelha, levou palavras de encorajamento e apoio aos jovens. “Abracem a causa que representa o sentimento político que cada um de vocês carrega dentro de si. Abracem seus sonhos e vivam intensamente seus projetos”.  Na sequência, foi apresentado um vídeo do senador Zequinha Marinho, do Pará, falando sobre juventude e pandemia.

A secretaria nacional da Juventude, Emilly Coelho, apresentou o programa Horizontes, que tem como objetivo fomentar e desenvolver o empreendedorismo e a inovação entre jovens. O deputado federal Leonardo Gadelha, da Paraíba, falou sobre a juventude transformadora. “Política não se dissocia mais de tecnologia. O debate central é como vamos usar a tecnologia em benefício de toda sociedade”, destacou.

Leandro Bomfim, presidente do PSC Jovem de São Paulo, falou do Manifesto da Juventude, lançado pelo PSC no ano passado, com 20 pilares e 7 diretrizes. “Esse material é fundamental para quem está buscando um caminho para desenvolver novas ações em seus municípios”, destacou.

Liderança e participação

Márcio Coimbra, presidente da Fundação da Liberdade Econômica (FLE), debateu sobre liderança e participação. “No momento que vocês estiverem preparados, com as técnicas certas, vencerão qualquer opositor. A Fundação está aberta para formar lideranças conservadoras. Vocês são o motor do nosso partido”, afirmou.

O deputado distrital Iolando, do DF, relatou suas experiências e aconselhou: “Não entrem na política para enriquecer ou por status. Entrem com o intuito de mudar a realidade do seu bairro, da sua cidade, do seu país”.

Os outros palestrantes do Congresso foram Eduardo Costa, secretário estadual de Meio Ambiente do Amazonas; Thiago dos Passos, diretor do Instituto Integridade; e Bernardo Santoro, presidente do Instituto Rio Metrópole e conselheiro da FLE.

“Esse Congresso certamente será um marco no treinamento dessa juventude. De forma que nós possamos, como partido, criar condições para que os nossos jovens sejam os futuros líderes dessa nação, com bons princípios e valores liberais”, disse Santoro.

No encerramento, a presidente nacional do PSC Jovem, Daiane Rocha, deixou suas considerações sobre o evento. “A experiência foi incrível. Esse 1° Congresso é resultado de muito amor e dedicação. Tenho certeza que todos nós estamos voltando para casa motivados a lutar, juntos, por políticas públicas concretas para os nossos jovens. O Brasil precisa dessa juventude, que tem bandeiras que realmente fazem a diferença em todo processo de transformação da nossa nação”.

faça parte da fundação

Inscreva-se e faça parte como um membro da Fundação. Contamos com seu apoio e participação.