China se prepara para comprar farelo de soja brasileiro

Por Agência Safras, no Canal Rural
07/11/2022

A ideia dos chineses é diversificar o seu mercado interno

A China está se preparando para importar farelo de soja do Brasil como parte de esforços para diversificar fontes do ingrediente para ração animal, aliviar a escassez de oferta de curto prazo e reduzir os riscos de inflação.

Traders estão tomando medidas para trazer o primeiro carregamento de farelo de soja brasileiro para a China depois que Pequim deu sinal verde meses atrás. Mesmo que os volumes iniciais possam ser pequenos, o movimento representa mais um passo na estratégia de Pequim para encontrar novas fontes de suprimentos agrícolas para reforçar sua segurança alimentar.

China & Brasil: farelo de soja e milho

A decisão, tomada logo após a abertura do mercado da China às importações de milho do Brasil, é mais um impulso para o comércio entre o maior exportador agrícola do mundo e o maior comprador de soja. O Brasil é o segundo maior exportador de farelo de soja do mundo, atrás da Argentina.

Por Agência Safras, no Canal Rural, publicado em 07 de novembro de 2022

faça parte da fundação

Inscreva-se e faça parte como um membro da Fundação. Contamos com seu apoio e participação.